Vida nova pro despertador

Dizem que mente vazia é oficina do diabo. Acho que há controvérsias…

Como seria esse vazio mental? Se a mente é vazia por falta de emprego então a minha está oca! kkkkkkkk Tem que rir pra não chorar! :p

No meu caso, não estou trabalhando mas, tenho tantos problemas e responsabilidades que o único espaço oco que conheço é a minha barriga, sempre disposta a encarar gordices no estilo boca-livre. 😀

Pois bem, sem querer filosofar sobre o dito popular… Além de eu ter uma cabeça abarrotada de coisas (se eu pudesse formatava, mas a ciência ainda não alcançou essa graça), ainda tem o sangue criativo que sempre pulsa mais forte nos momentos mais punks.

Aí, Tico e Teco trabalhando alucinadamente faz com que o ócio criativo me traga gratas inspirações. Pois bem, estava eu arrumando o quarto e vi um despertador “enfeitando” a prateleira, ganhei o dito num amigo-secreto (importantíssimo salientar que ODEIO amigo-secreto, mas isso é uma outra resenha) e acho que nunca funcionou. O.o Era bonitinho, colei um adesivo da Lindinha e ele foi ficando (sou do tipo que ganho presente e mesmo que seja uó me apego, vai entender).

Peguei o danado, desmontei todo, arranquei a parte do relógio e decidi que ele seria um porta-retrato. Passou a luta para a busca de uma foto que ficasse boa. Após árdua tarefa achei uma foto linda do meu afilhado ❤  e corri pra imprimir.

Prontinho, cortei a foto, montei o ex-despertador, e ficou a coisa mais fofa do mundo! ❤

13122759

Foto0319

Na 2ª foto, dá pra ver na minha foto pequena (sim, essa bebê Johnson e modesta sou eu kkkkkkk) outras duas “artes”. O marcador de página que já mostrei aqui, e a joaninha que foi da decoração do bolo do chá de fraldas de uma amiga, peguei as danadas (tem outra embaixo escondidinha), colei um imã atrás e fiz duas fofuras! 😀

Anúncios

Porta-retrato na decoração

Quem não gosta de tirar foto? Eu além de gostar, gosto de exibi-las também. Adoro ter porta-retrato de estilos variados no rack da sala, no quarto, em qualquer lugar.

retratoUma pá de gente acha brega. Tô começando a achar que esse povo que acha tudo brega deve ter algum tipo de trauma que nem Freud explica! O.o

Nossa casa tem que ter nossa cara. Tem que ser do jeito que nos sintamos sempre bem de estar e de receber. Tem gente que fica mais preocupado com o que vão dizer da decoração, do que de imprimir seu gosto pessoal na arrumação da casa. Resultado, uma casa fria e sem graça!

Eu como já nasci com o botão do foda-se ligado pra opinião alheia, #TôNemAí pra quem me acha e acha meu cafofo brega. O que me importa é chegar em casa e me sentir feliz por cada objeto comprado, cada ideia executada, cada canto com minha impressão digital. 😉