Dia das Mães

E como sempre o “Deus Google” sendo fofinho… Vi o doodle do dia das mães ainda de madrugada e achei a maior fofura!

mothers-day-2014-international-5200436227211264-hp

No 2º domingo de maio comemora-se no Brasil o dia das mães, tendo sua primeira celebração acontecido nos Estados Unidos em 9 de maio de 1914.

Em 1932, o então presidente Getúlio Vargas, a pedido das feministas da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, oficializou a data no segundo domingo de maio. Em outros países a data também é variável ou fixa.

A iniciativa fazia parte da estratégia das feministas de valorizar a importância das mulheres na sociedade, animadas com as perspectivas que se abriram a partir da conquista do direito de votar, em fevereiro do mesmo ano. Em 1947, Dom Jaime de Barros Câmara, Cardeal-Arcebispo do Rio de Janeiro, determinou que essa data fizesse parte também no calendário oficial da Igreja Católica.

E quem, durante a idade escolar, não lembra dessa música que embalava a produção de lembranças para as mães? Só conhecíamos esse trecho, e eu achava muito engraçado imaginar a mãe com o chinelo na mão e o avental sujo de ovo… Ser criança é tudo de bom! 🙂

Mamãe

“…Mamãe, mamãe, mamãe
Eu te lembro o chinelo na mão
O avental todo sujo de ovo
Se eu pudesse eu queria outra vez, mamãe
Começar tudo, tudo de novo…”

Feliz dia das mães! ❤

Google homenageia Audrey Hepburn

70884248

O “Deus Google” como sempre fofinho, homenageia hoje em seu doodle a atriz Audrey Hepburn que completaria 85 anos nesta data. Audrey Kathleen Ruston, conhecida internacionalmente por Audrey Hepburn, foi uma premiada atriz, modelo e humanista belga nascida em 4 de maio de 1929, e que ganhou notoriedade em todo mundo pelos filmes que estrelou, entre eles Bonequinha de Luxo e A princesa e o plebeu. O segundo lhe rendeu o Oscar de melhor atriz em 1954.

Até hoje, Audrey é considerada um ícone de estilo. Em 8 de fevereiro de 1960, ganhou uma estrela na Calçada da fama de Hollywood, em homenagem a sua dedicação e contribuição ao cinema mundial. Audrey morreu em 1993 , em decorrência de um câncer.

30820316

Fala sério, tem alguém que não conhece esta imagem do filme Bonequinha de Luxo? Personagem mais do que reproduzido por atrizes em editoriais de moda, é de uma elegância ímpar! Quem nasceu pra rainha nunca perderá a majestade! Ícone eterno!