Massa de pizza caseira

Em homenagem ao dia da pizza… Mentira! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Fiz essa receita terça, mas a atribulação me impediu de postar e aproveitei a “deixa” da comemoração de hoje. 😉 Esta receita eu vi aqui!

pizza4

Ingredientes

2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de sal
3 colheres (sopa) de azeite ou óleo
2 colheres (sopa) de cachaça (eu não coloquei)
2/3 de xícara (chá) de leite ou água (usei água)

Mão na massa

Misture todos os ingredientes na ordem indicada e amasse. Sove um pouco a massa, cubra-a com um pano de copa e deixe-a repousar durante 10 minutos. Se preferir 2 pizzas médias, corte a massa ao meio e abra uma de cada vez. Se vai fazer uma pizza grande, abra a massa com o rolo de uma só vez e em forma circular, polvilhando-lhe farinha sempre que necessário.
Coloque a massa numa assadeira levemente untada e asse-a em forno quente por 10 minutos ou até que a massa fique semi-assada. (Pode também assá-la, colocando-a diretamente numa panela elétrica, fazendo 2 pizzas: uma de cada vez). Depois é só colocar o recheio desejado e voltá-la ao forno até derreter o queijo. A receita rende 1 pizza grande ou 2 médias.

DICA: Antes de levar a massa ao forno faça alguns furos com um garfo para não fazer bolhas.

pizza1Massa pronta para pré-assar.
pizza2Pizza quase pronta! Pré-assada e preparada! 😉
pizza3Pizza prontíssima! Tá na mesa pessoaaaaaaaal!! \o/

Achei essa receita bem fácil, tinha os ingredientes em casa e resolvi fazer, porém, tenho algumas considerações. No blog a autora informa que tirou a receita do livro Dona Benta – Comer Bem, mas, embora minha irmã tenha o livro eu não fui olhar o que agora com certeza eu vou fazer. 🙂

Ela não diz qual o ponto que a massa fica, o que me deixou sem saber o que fazer (sou uma apreciadora mais da arte de comer do que de cozinhar, então não tenho talentos de mestre-cuca). A minha massa ficou total grudando na mão, mas como ela diz pra abrir com o rolo fui jogando farinha até desgrudar e dá pra pegar (não ao ponto de abrir porque fiquei com medo de virar uma pedra).

Dei o descanso e não vi mudança nenhuma. kkkkkkkkkkkk Coloquei a massa na forma e abri com a mão mesmo, como abre empadão… A massa malmente preencheu a forma, não sei como é possível fazer 1 pizza grande ou 2 médias, não sei o diâmetro dessa minha forma, mas sem dúvidas, comeria ela sozinha (sim, sou esganada e como muito). 😥

Por conta dessas questões fiquei curiosa pra ver se tem mais detalhes no livro, ou se a cachaça faz alguma diferença, eu não usei porque tinha outras bebidas, cachaça não. kkkkkkkk Enfim, pré-assei, coloquei o molho + presunto + atum + queijo (o nome: pizza é o que tem pra hoje), reguei com azeite (eu gosto) e levei ao forno pro queijo derreter.

A pizza é gostosa. Levando em conta a praticidade vale muito à pena, entretanto, não esperem nenhum padrão Cheiro de Pizza porque nem cabe a comparação, mas eu que aprecio receitas fáceis gostei muito. Agora vou catar o livro porque invoquei com o ponto da massa e otras cositas más…

Tava com tanta fome que comi desesperadamente, vou precisar fazer de novo porque nem lembro direito da textura da massa, sério. :O E quem é fã de praticidade e gordices se joga que a bichinha é gostosa e rápida, tanto pra fazer como pra comer! 😉

Anúncios

Amarula Caseira

Como sempre navegando na web, vi essa receita de Amarula que achei bem fácil e fiquei com vontade de experimentar. Providenciei os ingredientes e fiz, ficou óoootema! 😉

amarula2

amarula1

Ingredientes

1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
300 ml de conhaque
1 colher de leite em pó
4 colheres de chocolate em pó

Mão na massa

Bate tudo no liquidificador e leva para gelar.
Sirva gelado e beba com moderação! 😉

Dica de conservação: Para melhor conservação, coloque em vidros esterilizados (lavar bem e colocar numa panela e ferver por uns 10 minutos, depois secar da seguinte maneira: retirar da panela com um pegador e colocar sobre um pano limpo e deixar escorrer a água e secar naturalmente, ou levar ao forno numa forma, os vidros virados para baixo, para secar).

Obs¹.: Quem não tem cão, caça com gato! Não tinha lata, usei pack. Acho que não deve ter alterado nada, o creme de leite de lata é mais que o pack, mas acho que essa diferença é só o soro, acho! 🙂

Obs².: A bebida rendeu aproximadamente 750 ml e usei a garrafa plástica, porque pra gelar e sempre misturar na hora de servir achei melhor por causa da tampa. Aqui não tinha nenhuma garrafa de vidro disponível, e pelo que se bebe, acho que não vai durar muito não! kkkkkkkkkkkkkkk

Obs³.: Achei o teor alcoólico bom, tinha bebido um licor de chocolate a pouco tempo e me lembrou muito o sabor. Quando você serve gelado ele fica bem cremosinho, uma delícia. E é possível sentir o sabor do chocolate e do creme de leite de um jeito, que parece que você comeu um chocolate bem cremoso e ficou com aquele gostinho na boca. Super aprovado aqui em casa! 😀

amarula3

Agora vamos falar de Teckpix! Não, pera! kkkkkkkkkkkkkk Vamos falar sobre a Amarula. Eu nunca provei a bebida original, e como eu disse acima, achei muito parecida com um licor de chocolate..

Nas minhas “pesquisas” sobre a dita cuja, vi que a bebida é feita da exótica fruta de uma árvore da África Subsaariana, chamada maruleira (Sclerocarrya birrea). Pois bem, o que tem a ver a caseira ser feita com chocolate? Não sei! kkkkkkkkk Mas que fiquei intrigada, isso fiquei! Enfim, intrigas à parte, aqui tem um artigo muito legal sobre a Amarula, vai lá conferir! 🙂

Essa fruta é muito consumida pelos animais na savana, eles comem adoidado, a “bicha” fermenta na barriga, e eles ficam “em águas”! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Morri de rir com o vídeo, me vi representada em vários momentos! E no final, a ressaca do macaco, não tem preço! Olha que figuras!

E quando eu já tinha encerrado meus estudos sobre a Amarula, achei a receita do Ana Maria Brogui (que eu curto muito), e ele diz que a bebida original tem sabor semelhante ao caramelo, e mais: “A Amarula é uma bebida bem doce, ela deixa você bêbado sem que você perceba. Não sei por que, mas prefiro a genérica a original, acho que a original fica meio amarga depois de algum tempo no copo, já a genérica, sempre mantém o sabor. Bom, isso é apenas minha opinião.” \o/ Viu o que falei sobre o sabor que fica na boca? #PontoPraGenérica

E na receita ele também orienta a usar pack ao invés de lata, usa menos chocolate, e usa 750 ml de conhaque!! Valei-me São Rocky (piada interna 😛 )!! 750 ml eu não aguento! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Enfim, vai de gosto, né? Meu pobre estômago não suporta muito álcool, tenho refluxo. 😥 E pra gente, 300 ml foi suficiente, acho que menos não ficaria tão bom, e mais, a gente não ia aguentar (eu, meu estômago, minha irmã e minha mãe kkkkkkkkkkkkk).

Faz aí que você vai curtir! Cheers! \o/´`\o/