Recicle e decore sua casa com materiais descartados em obras

Nem sou de ficar reproduzindo conteúdo integral, nem fazendo posts CTRL C + CTRL V como vejo em muitos blogs :P, mas achei tudo tão legal que não resisti! Totalmente apaixonada pela cadeira de balanço! ❤

Porta, janela e lata são alguns dos materiais que podem ser reutilizados dentro de casa

Construir e reformar são ações que geram muita sobra de materiais durante uma obra, como madeira, canos, ferros, entre outros resíduos. Mas você sabia que todo esse “lixo” pode ser transformado em peças de decoração?

Segundo a arquiteta Carol Motta, objetos retirados de uma reforma, como portas, janelas e banheiras são ótimos e versáteis materiais, já que a base de suas composições é a madeira.

estante

Madeiras reutilizadas com livros de apoio compõem um aparador para a sala (Foto: Reprodução/Sofá de Ideias)

“O objeto reciclado fica ótimo em qualquer ambiente, no estilo clássico, moderno e contemporâneo. Basta fazer a composição correta e coerente”, diz a arquiteta.

Em seu blog, chamado Sofá de Ideias, Carol costuma compartilhar os projetos criados por ela e suas colegas de profissão. A ideia de usar sobras de materiais de construção surgiu quando o assunto sustentabilidade começou a ficar em alta. Foi aí que ela viu que muitas coisas descartadas poderiam ser reutilizadas de várias maneiras.

“Passamos a reutilizar os materiais que sobravam na decoração e a primeira que fizemos foi a estante com tábuas de madeira e livros”, conta Carol.

resto

Neste “lixo” é possível reaproveitar muita coisa, como pallet, madeira e portas (Foto: Shutterstock)

Exemplos para usar materiais deixados de lado não faltam. Portas descartadas podem virar mesas de jantar, mesas de centro ou painéis para fixar jardineiras na parede. “Um exemplo que já fizemos foi reutilizar madeiras para fazer um banco, que serve como aparador, e um complemento de estante para uma sala de uma casa contemporânea”, ensina a arquiteta.

Existem, ainda, muitos outros resíduos que podem ser usados. Lata de tinta, balde de alumínio, carrinho de mão, canos de PVC ou de ferro, portões de ferro, azulejos e bobinas de cabo são alguns exemplos de materiais reutilizáveis.

Veja abaixo algumas ideias:

banco-madeira

Banco feito com sobras de madeira de um deck demolido. Pode ser usado também como um aparador para colocar objetos e livros (Foto: Reprodução/Sofá de Ideias)

porta-cama

Portas antigas podem ser utilizadas como cabeceiras de cama. O resultado é diferente de tudo o que estamos acostumados a ver (Foto: Reprodução/Sofá de Ideias)

bobina-cadeira

Bobina de cabo de aço foi transformada em uma cadeira de balanço (Foto: Reprodução/Sofá de Ideias)

canos

Canos podem virar luminárias, fixação de mosquiteiros, racks ou até estantes. No caso da foto, os tubos foram usados para formar uma divisória (Foto: Reprodução/Sofá de Ideias)

madeira-demolicao

Madeira de demolição pode virar um painel para cama (Foto: Reprodução/Sofá de Ideias)

paletes

Paletes podem ser transformados em um sofá, como este da foto, cama e mesa de centro (Foto: Reprodução/Sofá de Ideias)

banheira-sofá

Olha só o que virou esta banheira antiga. Simplesmente um sofá muito charmoso (Foto: Reprodução/Sofá de Ideias)

Fonte: http://revista.zap.com.br/imoveis/recicle-e-decore-sua-casa-com-materiais-descartados-em-obras/

Presente: Conjunto de Facas para Queijo

Vocês estão cansados de saber que adoro coisas coloridas, fofas e que sejam pra casa. Sou uma menina “do lar”! kkkkkkkkkkkk Sério, como meu sonho de independência foi interrompido (mas que com fé em Deus o seguimento já está a caminho), dei um tempo de coisas fofas porque acabavam por me deixar pra baixo.

Não entrava mais em lojas de R$ 1,99, a não ser que fosse por necessidade, não ia mais na Le Biscuit, Lojas Americanas, e nem na internet eu ficava procurando coisa, nem os blogs de decoração que eu adoro. Agora, devagar e sempre, estou voltando a olhar pros lados novamente e numa dessas idas descompromissadas ao mercado (fui comprar verduras e folhas pra salada) vi esse foférrimo conjunto de facas (que já tinha visto bem caro) pela bagatela de 3,24 dilmas! *-*

Peguei logo um pra mim e outro pra irmã, e que fique claro que este é seu presente de casamento e não me peça mais nada! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Aliás, lembrei que já te dei umas petisqueiras em formato de coração… Acho que está na hora de você me dar uns presentes! 😀

facaqueijo

Diz aí se não é lindo? Vi outras fofuras na web, vejam que belezuras:

Maxwell-Williams-Conjunto-Faca-5-Peças-Maxwell-Williams-Queijo-Multicolorido-0443-9457731-1-zoomDaqui!

8552_jogo-de-facas-para-queijo-1_1Daqui!

12989_faca-para-queijo-kenya--4-pe_as_aDaqui!

359576870_092Daqui!

São lindos, mas, servem pra quê mesmo? Ará! Eu pesquisei e está aqui, a utilidade de cada faca! 😉

facas-01

Pode-se servir os queijos com qualquer faca. Basta uma mais afiada para aqueles de casca dura ou uma colher para os de pasta mole. Aqui estamos em uma dinâmica para simplificar a vida.

Podemos também, em uma posição oposta, apreciar os rituais e aquele lindo conjunto de facas para queijo. Mas você sabe pra que serve cada uma delas? Sabe como cortar os queijos?

Seguem algumas dicas preciosas:

Deve haver a preocupação de não alterar o sabor do queijo por outros sabores. Uma preocupação que se deve ter sempre em conta é o fato de utilizar facas de gume liso e nunca de serrilha.

facasqueijos

Fonte: http://www.yema.com.br/dicas/70-facas-para-queijos-saiba-como-usar

E aí, gostaram? Agora é só preparar a noite de queijos e vinhos! 😉

O resgate de um “retroprojetor”

Definitivamente, eu não sou normal! Quase 3 da matina, e eu labutando com um vidro, porque a ideia surgiu e se deixasse pra depois ia esquecer… Coisas de Linda… O.o

Apois, vamos começar do começo! Estava eu no trabalho, lépida e fagueira distribuindo minha simpatia pelo ambiente (kkkkkkkkkkkkk), quando vi o colega faz-tudo com uma ruma de retroprojetor pra jogar fora. Ele estava abrindo pra tirar o que interessava, e eu logo me interessei também, sempre vejo potencial nas coisas, e se pudesse carregava tudo pra casa!

Parei na porta, e lá fiquei matutando o que eu poderia aproveitar. Logo vi que tinham dois modelos diferentes, e que a tampa de um, daria uma excelente moldura. Desse modelo tinham dois e pedi logo as tampas pra mim. 😀

O outro modelo eu achei uma fofura, parecendo aquelas televisões antigas com alça e tudo… Oh God, tô morta porque não peguei um desse! 😦 O problema é que eu não tinha onde botar, onde eu trabalho é tudo exposto, e iam achar no mínimo estranho a pessoa com uma carcaça de retroprojetor do lado… 😦 Tentei salvar os vidros, mas a fita era de uma cola que só G-Suis e não soltou.

Pois bem, me conformei com minhas molduras, cheguei em casa lavei-as, e fiquei pensando como poderia tirar a fita que cola o vidro. Qualquer coisa que eu pensasse em fazer, se o vidro não saísse não daria muito certo. O tempo passou, eu lembrava e esquecia de procurar uma solução. Sou assim, entro na internet pra ver 1 coisa, vejo 7 trilhões e aquela 1 eu esqueço. :/ Ou anoto, ou vejo imediatamente antes que outra coisa tire minha atenção.

Aí hoje, vagando na madruga na web, lembrei de pesquisar. Mas antes, algo me disse que o “Santo WL” poderia ajudar. Comecei a procurar mas nem esperei abrir nada, corri logo pra pegar e testar. Santo Insight Bátima, não é que deu certo?? 😀 Tome-lhe óleo no grude, fui forçando com a mão, com uma chavinha de fenda, e tcharaaam, descolou, ô Glória!! \o/

Chão melado, perna melada, roupa melada, tudo melado depois, lembrei de tirar foto da “arte”. kkkkkkkkkkkkkk Catei o celular com a mão cheia de óleo kkkkkkkkkkk e tirei as benditas fotos, só eu mesma pra fazer essas coisas!

E como eu já estava experiente kkkkkkkkk coloquei o óleo na outra pra ir “amolecendo” e fui tirando a fita grudada da anterior. Oh God, quase perco as unhas, tô com as pontas dos dedos que não aguento. kkkkkkkkkkkkkk Mas todo sacrifício vale a pena, adoooooro essas artes que faço mesmo sem dindin, e muitas vezes fica tosco mesmo por causa de tanto improviso, mas pra mim, o que vale é que tenho capacidade de fazer qualquer coisa que eu quiser, só me falta o financiamento! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Chega de chouriçagem e vamos às IBAAAGENS, eu quero as IBAAAGENS!! kkkkkkkkkkkkk Tô engraçadinha demais pra quem está escrevendo quase às 5h da matina, né? É a adrenalina! Fome nem se fala, mas essa deixa quieta porque bagunça no meu quarto essa hora tudo bem, mas ir pra cozinha… Só se eu tivesse na minha casa. 🙂

rp1Taí os modelos dos retroprojetores. Quando passar o recesso vou sondar se não tem mais nenhum perdido por lá, tá decidido! kkkkkkkkk E esse a alça é azul, muito fofinho!! ❤

rp2As “molduras” no estilo tv antiga, quadradona.

rp3Quando enfim consegui descolar o vidro, com tudo sujo, e tentando arrancar a fita (e quase arrancando as unhas junto).

rp4Vidros retirados e “limpos”. kkkkkkkkkkkk Limpos sem o grude maldito. Hoje, mais tarde, quando eu acordar, eu lavo com o velho Veja Multiuso. 😉

rp5E o salvador da pátria, o “Santo WL”! É por isso que é chamado de desengripante completo, porque nada passa impune ao seu poder de ação. RECOMENDADÍSSIMO pra se ter em casa, serve pra tudo: porta rangendo, chave emperrada, parafuso enferrujado, descolar fita de vidro, dentre outros, porque esses, são só alguns dos usos que fiz dele aqui em casa. 😉

E a seguir cenas dos próximos capítulos, porque isso foi só o começo da folia, e ainda tenho que pensar como colarei o vidro depois de pintar a moldura. kkkkkkkkkkkk Mas isso é pra uma outra saga!! 😀 Agora vou dormir, ou melhor, tentar! 😉

Fofurices para casa: Cesta para sapatos

No Japão, um hábito muito comum é a retirada dos próprios calçados assim que se entra na própria casa ou na casa de algum amigo ou parente. Existe uma área especial na entrada das residências, chamada de genkan, onde os sapatos e tênis são colocados (geralmente com a parte frontal apontada para a rua). Lá, existem dois motivos para isso – o higiênico, já que os calçados carregam germes e bactérias vindos da rua; e o “espiritual”, pois tirando os sapatos, é possível se libertar das energias impuras que interferem na harmonia do lar, de acordo com a crença tradicional.

De acordo com a Agência Nacional de Proteção Ambiental dos EUA (EPA), os japoneses estão absolutamente certos, pelo menos com relação à questão da higiene. Uma simples caminhada na rua faz com que 96% dos calçados adquiram contato com germes e bactérias, como a E. coli, que podem facilmente sobreviver durante o trajeto até a sua casa, e lá causarem doenças e infecções. Uma simples ida a um banheiro público já pode fazer com que esses indesejáveis hóspedes peguem carona em nossos sapatos.

Além desses problemas, os calçados também podem conter resíduos de produtos químicos perigosos, como chumbo e mercúrio, de acordo com a Agência de Controle Ambiental de Minessota, também dos EUA.

Sabedoria oriental

O jeito mais simples possível de se resolver esse problema é seguir a sabedoria oriental. Peça a amigos e parentes que tirem seus sapatos assim que entrarem em sua casa (e só deixar os pares na entrada da casa) e faça o mesmo quando for visitar a residência alheia. Assim, é possível reduzir em até 85% a quantidade de poeira, sujeira e toxinas que invadem sua residência por “baixo”. Crie esse hábito!

Para reduzir ainda mais os riscos, limpe seus calçados regularmente, de preferência com produtos sustentáveis (veja aqui como fazer um detergente sustentável caseiro). Se não tiver como, apele para uma mistura que nunca falha: água e sabão.

.

Após esta breve explicação voltamos a nossa programação normal! kkkkkkkkkkkk Pois bem, em casa nunca fomos de tirar os sapatos na porta, mas nem todos também tem o hábito de andar calçado em casa (eu se pudesse andava descalça até na rua).

Com o tempo (experiência de vida) fui percebendo que os sapatos são o que de mais sujo levamos pra casa, porque as mãos nós lavamos, mas os sapatos sujos ficarão sujos onde forem deixados. Não vale aquele que vem encharcado da chuva, nem enlameado até a alma, que esses, só por esses detalhes, vão direto pra área de serviço.

Quando fui morar só, a poeira/sujeira que tinha em casa era só a da obra atrás do meu prédio. Varria e passava pano e durava que era uma beleza, o ap ficava fechado o dia todo, eu trabalhando e estudando todos os dias, as janelas só eram abertas no fim de semana, pra entrar um ar e a poeira da obra! kkkkkkkkkkkkk

Mas mesmo sem sujeira, mesmo só com meus sapatos, isso começou a me incomodar. Eu gosto muito de ficar no chão, se vou arrumar alguma coisa, sento no chão, se vou ver uma receita, sento no chão, é um hábito da infância, eu só gostava de dormir no chão. kkkkkkkkkkkkkk Acho que eu já me treinava pra uma situação de necessidade! 😀

Então, por gostar de ficar no friozinho do chão, passei a ter uma sandália de casa, e qualquer calçado que eu usasse na rua ficava na porta ou ia carregado pra sapateira no quarto. Sempre pensei em colocar uma cesta bonitinha na porta pra deixar os sapatos mas não deu tempo. Enfim… A ideia segue firme, é o que importa! 😉

Vi esses modelos no Gúgôu, e até da cesta que penso em colocar… Claro que não será caída desse jeito. Penso em personalizar com a minha cara, e também colocar um plástico que possa ser mudado sempre e a sujeira não caia pela trama da cesta no chão. 😉

sapato09-2porta+sapato+de+metal+salvador+ba+brasil__27D6F0_1arrumar_sapatos3caixa-entrada-pedras-chuvaFRONT-DOORDe todas essas, achei muito legal a ideia das pedrinhas e dessa grade na última foto. Tem modelos que a depender da planta do apartamento é totalmente inviável. :/

A cesta que tenho é tipo essa (o que sobra do café da manhã é a cesta), e melhorando muuuuuuito seu visual acho que ela fica bem bonita na entrada. Agora se o morador(a) tiver o pé de lancha, é melhor deixar um puxa saco na porta, tirou o sapato, meteu no saco e guardou. kkkkkkkkkk Um sapatão nessa cesta não dá pra botar nem uma havaianas junto. 😛

101_1315E esta é mais uma ideia para desenvolver no meu quadradinho! ❤  Mas e vocês? Tiram o sapato na porta? Vamos seguir a tradição japonesa que faz mais bem do que mal! #FicaADica

Presente: Garrafa pintada

Eu já disse antes que garrafa tem mil e uma utilidades, né? Pois bem, olha que fofurice a garrafa pintada e decorada que ganhei da minha tia. *-* É a filha dela que faz! 🙂 #MãeCoruja

Ela faz com aquelas garrafas grandes de champanhe sabe, de 2 litros? Então, foi pintada com tinta acrílica e essa minha foi decorada com recorte de papel (bem fininho, não parece de presente) e uma borboleta de fazer aplicação em roupa, super fofo! 🙂

2790570_1_AGarrafa modelo. 🙂

garrafao1Minha garrafa linda e o detalhe da borboleta!
garrafao2Observem que a tampa foi mantida! Acho que para o caso de ainda não ter o que botar dentro e não empoeirar, ou virar morada de uma cuca (barata) sem teto… kkkkkkkkkkkkk

Lá no meu quadrado eu colocarei uns ramos de trigo decorativo, acabei de ver na web que tem de tudo quanto é cor e é super baratinho. #Morri

Bom, a seguir cenas… E que venham mais presentes! ❤

trigo

Post Extraordinário: Fofurice em forma de caixa/mesa

Cheguei do trabalho e corri pra escrever, não pude conter a emoção! 😛 kkkkkkkkkkkkkkk

No tumulto que minha vida virou, alguma coisa boa tinha que acontecer, pelamor! Enfim, de bom mesmo, só o garimpo de coisas legais pra minha casinha. ❤

Resgatei uma caixa de madeira que tinha sido de um faqueiro, maravilhooosa! *-* Eu, lesada que sou, não tirei nenhuma foto da bichinha. Mas estava com o fundo roído de cupim, a parte de cima, com a capa de madeira lascando (não sei explicar :/), os fechos quebrados, e tinha até o selo com o nome do fabricante com uma data de 1977, tô morta e enterrada porque não fiz fotos. 😥

Como não adianta chorar pela foto não tirada, catei na internet uma similar só pra ter uma ideia. Óbvio que a caixa daqui estava vazia, o faqueiro Deus sabe que fim levou. 😛

mesacaixaAcho que a minha é Estojo Marfim. 🙂

antiga-caixa-faqueiro-hercules-para-130-pecas-em-embuia-12471-MLB20059957424_032014-FQuando vejo e penso que a pobre quase foi pro lixo… Sabe aquele momento da faxina, que você não aguenta mais, que tem vontade de jogar tudo no lixo, até a si mesma? Eu estava assim. Mas, Tico e Teco que nunca dormem, logo viram o potencial da bichinha e resgatei-a para meu cafofo (meu quarto está pior que garagem que vira depósito, tem de tudo e nada de dindin pra dar providência #VidaDePobre).

Pensei mil coisas e cheguei ao denominador comum, iria transformá-la numa mesa lateral mantendo a essência de caixa. Em cima ficarão coisas que possam ser tiradas sem problemas para pegar algo na parte de dentro. Ai que amoooooooor!! kkkkkkkkk

E os pezinhos? Como fazer? Queria palito de qualquer jeito! O problema é, estamos em Salvador, desça agora e bote o pé no chão! #Okay Aqui é tudo absurdamente difícil, e o que se acha é caro demais, #ComoLidar?

Eis que Tico e Teco, sabiamente lembraram do tio carpinteiro/marceneiro/todos os eiros, e eu despretenciosamente fui fazer uma visita com a caixa na mão! 😀 kkkkkkkkkkkkkkkkkk #CaraDePauSuprema Aí, humildemente, pedi que ele trocasse o fundo que estava comidinho de cupim, e se ele sabia onde eu poderia comprar os pés, 😉 mas, meu tio que é um lord, disse que podia fazer os pés. ❤  Mostrei a ele essas imagens pra ele ter uma ideia, e eu queria com o pé retinho:

4 mesinhas de mala és palito images

Aí fechou! No final das contas, ele trocou o fundo, o tampo, tirou os fechos quebrados, lixou a caixa toda, e ainda fez os pés. Ai que amooooor!! kkkkkkkk E hoje ele trouxe minha fofura, a danada só esperando eu dar um trato nela:

mesacaixa1 mesacaixa2 mesacaixa3

Diz aí se não está uma lindezura? Em breve, com fé em Jah, conseguirei concluir seu visual do jeito que quero. A seguir cenas! 😉

Nem vou dormir hoje namorando minha mesa nova! ❤

Fofurices para a sala ~ Mesa de centro

A estrela da sessão fofurice de hoje é a mesa de centro. Aquela sua mesinha velha e básica, estilo Casas Bahia é coisa do passado! Tá sem dindin? Pegue uma tinta bem colorida e dê uma boa pintada nela pra renovar o astral da bichinha, ou cola um contact colorido no tampo, o Gúgôu tem tanta ideia que só fica no passado quem quer! 🙂

Mas as estrelas de hoje não são tão simples assim… Elas vão além! Botaram pra comer poeira até as descoladas mesinhas de réplica de caixa de fósforos e de chicletes, e as feitas de pneu, enfim, chegaram chegando!

Vamos às fofuras:

Para as rYcaHs, IPhone 4, puro lOSHo! Daqui!

02-iphone4coffeeePara a galera das ‘antigas’ uma fita k7 de madeira, daqui! [Esses detalhes me matam! *-*]

Table_Index_ImagePara a galera rock’n roll, uma guitarra na sala! \m/ Daqui!

guitarramesaPara os gamers/nerds/descolados em geral, todas essas! 😀 Morta e esquartejada com a criatividade alheia! kkkkkk Controle Nintendo daqui, e as outras, daqui!

nes-controller-coffee-table_1mesa-nerd-02 mesa-nerd-04 mesa-nerd-05 mesa-nerd-06 mesa-nerd-08 (1) mesa-nerd-09 (1) mesa-nerd-10 (1) mesa-nerd-12 (1)E para mim ❤ esta lindezura! ❤ Mesinha de sinuca, muito lindaaaa!! Eu nem tinha projeto de ter mesa de centro, mas quando vi, meus zói logo rodaram na caixa! kkkkkk Será uma dessas que estrelará na minha sala! 😉

prosaedesign sinucamesaMadre de Dios, o que é esta sala toda?? Louca com esse orelhão! kkkkkk Eu qué pra combinar com minha futura mesa!! 🙂 kkkkkk Mas voltando, meu projeto não será bem assim, não achei a foto que rolou o sentimento mesmo, mas a ideia será essencialmente, usar a mesa de sinuca.

Aguarrrrdem!! 😉

Fofurices para a sala ~ Abajur

Oh my God! Eu piro com essa sustentabilidade, com essa vida nova dada ao “lixo”! Seeeempre fui “lixeira”, pensava zilhões de vezes antes de jogar qualquer coisa fora porque achava que tudo poderia ser reaproveitado em algum momento. E muitas vezes eu tinha razão, quem guarda, tem! 😉

E hoje, nesta série de fofurices, trouxe o abajur de garrafa. Garrafa tem mil e um modelos, e mil e uma utilidades, mas abajur é très chic! #ModoPoliglotaAtivado kkkkkkk

Vamos às fofuras:

Corre no bar e cata tudo quanto for garrafa, cada uma tem seu charme né? Daqui!

timthumb.php_Essas são com luz de led, ou seja, o velho pisca-pisca do século XXI! kkkkkkk O pisca de led é bom porque não esquenta, então é mais seguro. E dá um efeito lindooo nas garrafas, diz aí se não fica um lOSHo? Daqui!

luminaria-590x260Esses são de garrafões, geralmente de vinho. Só pra mostrar que qualquer modelo é válido e dá um tchan (que não é aquele do Compadre Washington! 😀 A piada foi péssima, mas não podia perder a oportunidade) a mais na decoração. Daqui!

abajur10E finalmente, mi amor! ❤ O lendário Jack Daniels! ❤ kkkkkkkk O formato da garrafa sempre fez meus zoinhos brilharem. E acho que o abajur fica bem posudo, marrento mesmo! É esse que brilhará soberano em my house, mas não vou negar que o de led me encantou, quem sabe eles não podem conviver em harmonia? Daqui!

fotos_luminarias_abajurE aí, gostou? Está esperando o quê pra sair catando tudo quanto é garrafa na casa doa amigos biriteiros? 😉

Fofurices para o bar ~ Adega

Meu sonho além de morar só sempre foi ter um bar em casa, acho chique! #MeJulguem kkkkkkkkkkkkkkk Lembro que quando era criança, em casa tinha umas bebidinhas na estante mas não chegava a ser um bar, e acho o máximo as casas de novela ter sempre uma biritinha 😛 pra oferecer às visitas.

Nas minhas andanças pela web encontrei muitas ideias boas, inclusive, cheguei a juntar zilhões de latas pra fazer o bendito. Ficaria grande no espaço mas o que vale é botar a mão na massa! Pois bem, não é que achei outro modelo que me virou a cabeça? Bem mais prático, fácil e que fez meus zoinhos brilharem! ❤

Vamos às fofuras:

Esse de lata foi minha paixão inicial, tinha visto outros modelos mas, basicamente a essência é sempre a mesma. Daqui!

1236564_376527959117249_1243389442_nEsse é realmente muito bonito! E ainda rolou o trilho de colocar as taças, mas ainda não é meu amor! kkkkkkk Daqui!

7461048984_578e80f8f1_cE a criatividade não acaba nunca!! Tem de feltro, de lata (parece de papelão) e de tubo pvc. Todas daqui!

adega feltro adega latas adegapvcE é chegada a hora, apresento-lhes mi amor, que me fez pentelhar o sogro da minha irmã (valeu Sr. Santos!!) por um engradado… #VergonhaNãoMeRepresenta 🙂 Daqui!

bebuns3*-* ❤  *-* ❤ Diz aí se não é um lOSHo?? Quando eu vi essa adega, “meu mundo caiu…”, não pera, foi amor à primeira vista!! 😉 Pirei total na ideia! Já tenho o bonitinho (50% da obra), só falta a tinta e os detalhes (que não são sórdidos). Espero que em breve eu esteja apresentando-o lá no Mãos à Obra, muito tempo desempregada dá nisso, ideias reprimidas! kkkkkkkkkk Mas chega de chouriçagens, não vou dar detalhes porque será surprise!! Ou vocês acham que vou copiar a adega alheia? 😉

Fofurices para a cozinha ~ Porta-tempero

A gente tem poucas certezas na vida, mas, se tem uma coisa que eu sempre tive certeza desde que me entendo por gente, é a de que eu sempre quis morar só. Seeeempre sonhei com meu canto, com o silêncio, com a certeza de sair e achar aquele doce deixado na geladeira (quem tem irmão sabe do que estou falando), com a possibilidade de simplesmente só fazer as coisas quando tiver vontade, enfim, a privacidade não tem preço!

Óbvio que nem tudo são flores na vida de um(a) dono(a) de casa. 😀 Pra mim que sempre tive senso de responsabilidade não foi nenhum terror, aliás, por mais que eu pense, não consigo pensar num contra (até o final vou matutando). O.o

Sempre tive responsabilidade financeira, então, pagar minhas contas continuou fazendo parte da rotina, sempre me virei na cozinha, e a depender do que a situação pedisse, temos o Deus Google, que sempre salva! 😉

No começo é sempre apertado, você fica ansiosa pra deixar a casa do seu jeito, precisa se controlar muito pra não comprar tudo de uma vez e se enrolar toda, mercado só com lista de compras, planilha o tempo todo atualizada (até na cabeça kkkkkkk) e no fim das contas é só alegria.

Eu tive a felicidade de morar só por 3 anos. Infelizmente, no “meu caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meu caminho”, o problema é que depois da pedra tinha uma cratera sem fundo (kkkkkkkk rindo pra não chorar), e precisei deixar meu refúgio. 😦 #VidaQueSegue

Sou uma capricorniana com ascendente em gêmeos, que é o que me equilibra. Mas sou uma capricorniana nata em suas virtudes e defeitos, e neste rol, a necessidade de isolamento, de reserva, me descreve muito bem. Inclusive dizem que capricorniano é um signo velho, kkkkkkkkkkk por estar sempre preocupado = EU! 😛

Enfim, chouriçagens à parte, voltemos ao “quadrado” (como eu carinhosamente chamava my house). Não consegui deixar do meu jeitinho, eu era estudante e estagiária (e CORAJOSA, fui morar só com uma bolsa-estágio, melhor acrescentar SOBREVIVENTE também kkkkkk) e o dindin era para “o necessário, somente o necessário, o extraordinário é demais”! kkkkkkkkkk #AiComoSouDoente

Sim, como eu estava dizendo, já disse que gosto de cores, de fofurices, e de coisas coloridas e fofas para o lar. Na medida do possível fui adquirindo coisas que gostava, e sonhando com outras. Tenho “N” listas de sonhos de consumo, mas decidi postar pra ver se fica mais próximo da realidade. 😉

Este primeiro post é porque ontem encontrei mais um entre zilhões de blogs fofos que gosto, e foi o que me deu a ideia de compartilhar os sonhos. 😀 Dei uma pesquisada em outros tipos mas não adiantou, os olhinhos brilharam por estes porta-temperos (sou pobre, não gosto de falar condimento kkkkkkk) e serão eles que terei em minha cozinha! \o/

Vamos às fofuras:

Essas fotos são do Margaretss, blog de conterrânea! 😀 Total in love por estes frascos e foram eles que fizeram meus olhinhos brilhar forever! *-* ❤

tempero1-hor tempero4E o que são essas cores todas? *-* Morta e enterrada! kkkkkkkkkk Mas no meu caso, essa peça seria laranja <3. Adoroooo!tempero5 tempero7Esses também são legais (mas não rolou sentimento):

Foto do A partir de 1,99 e do Gúgôus! 😀

temperitosporta-tempero-9E aí, gostaram? Em breve, numa cozinha perto de você! 😉

P.S.: Já tinha esquecido e voltei 😛 pra falar que não consegui pensar em nenhum contra de morar só. Há quem diga: ah, mas não acha a comida pronta (ossos do ofício, quando eu morava com minha mãe, não necessariamente ela cozinhava); tem que lavar, cozinhar, etc (quer achar pronto? Ganhe bem pra pagar a diarista); não tem pão fresco todo dia (vocês nem imaginam o quanto uma estadia só transforma as pessoas, entre guardar pão na geladeira, e aprender a fazer o próprio pão, a experiência que se acumula ninguém tira de você); quando compramos alguma coisa não tem quem receba (por pura falta de profissionalismo das lojas. Já sofri muito com isso, de perder um dia de trabalho e a mercadoria chegar no fim do dia. Se eles tivessem respeito ao cliente isso não aconteceria, e eu nem acho que isso se enquadra num contra de morar só).

Agora, fala sério, algum desses argumentos te assusta? 🙂