Prateleiras


Aproveitei uma tábua de uma mesa de computador (acho que era a que fica o teclado), pedi pra um tio marceneiro cortar no meio (a serra daqui estava pela misericórdia, capaz de eu cortar um sol e não conseguir cortar uma reta) e fiz 2 prateleiras.

Forrei as gêmeas pra esconder a feiura e a parte de cima botei um papel de presente pra ficar “mai biita”.

Agora vem a melhor parte #SQN, furar a parede. Jesus, Maria, José, toda vez que preciso furar a parede xingo todas as gerações de quem construiu o prédio! kkkkkkkkkkkk

Sério, não sei por que cargas d’água colocam pedras na massa do reboco. O que era pra ser rápido e prático se tornou um calvário! Várias pedras no caminho, a broca soltava, eu tinha que bater com um prego pra “ajudar” a furadeira, mas enfim, depois de algumas horas, muita poeira, bagunça e calos na mão venci a parede.

Eis o resultado! 😀

Page_1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s